Segurança Pública

Primeira apreensão de droga com scanner corporal no Presídio Central

A visitante foi presa e encaminhada a Delegacia de Polícia de Porto Alegre

29/01/2015 16:07
 

A apreensão ocorreu na sala de visitas (Foto: Divulgação Susepe)

O Presídio Central de Porto Alegre (PCPA) promoveu a primeira apreensão de materiais ilícitos por meio de scanner corporal nesta semana. A ação ocorreu na sala de visitas, onde foram apreendidas cerca de 113,5 gramas de maconha com a irmã de um apenado. A visitante foi presa e encaminhada a Delegacia de Polícia, onde recebeu o auto de prisão por tráfico de drogas.

O equipamento, adquirido em dezembro de 2014 pela Superintendência Serviços Penitenciários (Susepe), custou cerca de R$ 494 mil e funciona na casa prisional desde o início do mês.

A Susepe já possui outro scanners em operação na Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (PASC). O uso do equipamento para revista segue a recomendação do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária, que trata sobre do fim das revistas íntimas nos presídios.


Fonte: Por Caroline Paiva/ Susepe

Farrapo




Topo