Cachoeira do Sul

Estado e União celebram permuta para viabilizar Distrito Industrial

 

Assinaram o contrato a superintendente da Secretaria de Patrimônio da União, Rose Carla Silva Correia, e o secretário da Administração do RS, Alessandro Barcellos (Foto: Prefeitura de Cachoeira)

O prefeito Neiron Viegas comemorou mais uma conquista de seu mandato ao participar da reunião que oficializou a permuta da área do Distrito Industrial de Cachoeira do Sul, junto ao Porto, na zona Leste da cidade.

A assinatura do documento que repassa a área da União para o Estado, que há sete anos estava travada, foi feita em Porto Alegre, na manhã desta terça-feira, com a presença, pelo Estado, o secretário da Administração e dos Recursos Humanos, Alessandro Barcellos, e, pela União, a superintendente da Secretaria de Patrimônio da União (SPU), do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Rose Carla Silva Correia. Como testemunhas, assinaram o prefeito Neiron e o secretário do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (Cdes), Zelmute Marten.

Com isso, os 157 hectares de área estão sendo repassados ao estado para que seja dado o andamento na construção do novo distrito industrial da cidade. O estado já havia anunciado que o valor gasto em infraestrutura girava em torno de R$ 23 milhões, mas a cedência da área era o empecilho para o investimento.

Agora, oficializada a permuta, o Estado estará autorizado a providenciar esta infraestrutura e um dos primeiros passos será o encaminhamento de projeto de licenciamento para a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam).

A área das imediações do Porto envolve ainda outros 49 hectares, sendo 42 hectares cedidos para a indústria Granol e outros sete hectares pertencentes ao Centro Esportivo Municipal (CEM).

27 INTERESSADOS
Todas as empresas que quiserem se instalar na área do Porto, além das 27 que já manifestaram interesse junto à prefeitura, deverão se inscrever no edital de seleção de empresas que o estado lançará para a ocupação dos aproximados 108 hectares que serão disponibilizados. A escolha das empresas contempladas com área caberá ao Estado, que providenciará toda a infraestrutura do distrito industrial do Porto, obra que envolve, por exemplo, arruamentos e redes de água, luz e telefone.

O que disseram na reunião:

Alessandro Barcellos, secretário da Administração e dos Recursos Humanos

Destacou o conjunto de esforços dos poderes públicos, unindo diversas secretarias do Estado, junto a Secretaria de Patrimônio da União, para superar entraves e dificuldades e chegar a um bom termo neste tema. “Nós nos debruçamos intensamente sobre este assunto para termos uma solução a esta importante demanda do município. Às vezes nos deparamos com dificuldades burocráticas que acabam dificultando e retardando ações que beneficiam enormemente uma comunidade”

Zelmute Marten, secretário do CDES

Este ato soluciona uma demanda local de longa data. “Caminhamos para esta solução porque temos uma visão de um Estado indutor do desenvolvimento. Este ato é a comprovação da importância da transversalidade entre as secretarias. Somos um governo republicano, com alinhamento de projetos entre os três níveis de governo”

Rose Correia, superintendente da Secretaria de Patrimônio da União

A Secretaria atua praticamente com a totalidade dos municípios do Estado, buscando repassar áreas para regularização fundiária, para novas moradias, e outras ações. “Visamos o tempo todo o desenvolvimento dos municípios. De mãos dadas é que se constrói um trabalho importante como este contrato agora assinado”

Neiron Viegas, prefeito de Cachoeira do Sul

Agradeceu o empenho destacando que este é o primeiro passo para uma efetiva ação naquela área. “Nós sabemos da responsabilidade que temos ao final deste processo”. Segundo o prefeito, o processo de criação do Distrito Industrial vinha sendo desenvolvido há sete anos.

Também participaram do ato o secretário adjunto da Sarh, Luiz Antonio Philomena, o chefe de gabinete da Secretaria do Planejamento, Gestão e Participação Cidadã, Pedro Henrique Correia, representando o secretário João Motta; o assessor da Seplag Jarbas Fagundes e o diretor do Departamento de Ações e Programas Especiais da Secretaria de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (SDPI), Lucidio Inacio Valoni Avila, representando o secretário Mauro Knijnik e o chefe de gabinete da prefeitura de Cachoeira do Sul, Jonas Friedrich.


Fonte: Maurício Vieira da Cunha/Prefeitura de Cachoeira do Sul

Farrapo




Topo