Economia

Horário de verão termina neste sábado

24/02/2012 11:24
 

Relógio deverá ser atrasado em uma hora (Foto: Marcelo Marques/farrapo.rs)

Termina à meia-noite deste sábado, dia 25, o horário brasileiro de verão, adotado neste ano em 11 estados, entre eles, o Rio Grande do Sul. Com isso, os gaúchos devem atrasar seus relógios em uma hora.

O horário de verão foi iniciado em 15 outubro de 2011 e teve 133 dias (contra 120 dias, na média dos anos anteriores), porque foi prolongado por uma semana. A causa é que o dia previsto para o término do horário coincidia com o Carnaval.

AES Sul divulga resultados da economia de energia elétrica
Redução na demanda chegou a 5,1% em toda a área de concessão O Horário de Verão 2012, iniciado em 16 de outubro de 2011, vai terminar no sábado seguinte ao Carnaval, dia 25, à meia-noite. O principal objetivo do Horário de Verão é a redução da demanda máxima do Sistema Interligado Nacional de Energia Elétrica durante a faixa de maior consumo, das 18h às 23h.

Conforme estudos do Operador Nacional do Sistema - ONS - a redução foi de aproximadamente 5,1% na demanda durante o horário de ponta no Rio Grande do Sul, correspondendo a aproximadamente 230 MW.

Na área de concessão da AES Sul, que atende 118 municípios no Rio Grande do Sul, também houve uma redução de 5,1% na demanda, com economia de até 82 MW, equivalentes ao consumo residencial de um município como São Leopoldo, no Vale do Sinos, com aproximadamente 214.000 habitantes. Ou Alegrete e Uruguaiana na Fronteira Oeste, que, somados, têm 204.000 habitantes.

Já o impacto verificado no consumo mensal de energia elétrica foi de 0,5%, representando uma economia de 4.680MWh/mês, que equivale ao consumo de um município como Bom Princípio no Vale do Caí, com 11.800 habitantes, ou Jaguari, na Região Central, com 11.500 habitantes.

O horário de verão se traduz, também, em benefícios para os clientes de energia elétrica, pois a redução na demanda e no consumo posterga a necessidade de investimentos para atender à maior necessidade de energia no horário de ponta, além da economia de combustível na geração térmica para garantia da confiabilidade em determinadas áreas.

Farrapo




Topo