Caçapava do Sul

BM de Caçapava receberá fuzil para reforçar efetivo

18/10/2020 09:34
 

Batalhões da Brigada Militar em todas as regiões do Estado receberam, na sexta-feira, um reforço para qualificar a proteção e o trabalho dos policiais militares no combate à criminalidade. O governo do Estado entregou à corporação 799 fuzis carabinas 5.56 e 1.777 coletes balísticos, que serão destinados para unidades em 108 municípios. Já a Região Central foi beneficiada com 127 fuzis e 178 coletes, totalizando R$ 1,229 milhão. A maior parte deles virá para Santa Maria (veja abaixo).

O investimento total para todo o Estado é de R$ 8,3 milhões. Parte do recurso foi liberado via emenda da bancada federal gaúcha, num total de R$ 67,3 milhões, com contrapartida de R$ 6,3 milhões do governo estadual – outra parte da verba foi para a saúde e para outras compras na área de segurança. Essa é a oitava ação custeada a partir da emenda, pela qual já foram entregues 394 viaturas, 176 armas, 4.468 coletes e equipamentos de informática e comunicações para a BM e a Polícia Civil, além do cercamento eletrônico com 525 câmeras e 30 salas de monitoramento instaladas em 36 municípios. Outras aquisições com o recurso estão em fase de finalização.

Em respeito aos protocolos de prevenção contra a Covid-19, a solenidade de entrega foi realizada por webconferência transmitida pelo Youtube a partir do Palácio Piratini, com presença do governador Eduardo Leite, do vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, do líder da bancada federal gaúcha, deputado Giovani Cherini, do comandante-geral da BM, coronel Rodrigo Mohr, e da secretária da Saúde, Arita Bergmann. Na ocasião, também foi anunciado o repasse de R$ 31,6 milhões de emendas parlamentares federais a 101 hospitais gaúchos, para combate à Covid-19.

A economicidade foi possível por meio das licitações realizadas pelo governo gaúcho, o que permitiu utilizar a sobra dos recursos para essa nova compra. A destinação desse extra foi definida conforme estudo da SSP e da BM e vai contemplar 30 dos 107 municípios listados pela emenda, mais a cidade de São Leopoldo.

Para o tenente-coronel Cleberson Braida Bastianello, comandante do 1º Regimento de Polícia Montada (1º RPMon), o armamento vem em boa hora e vai ajudar no policiamento e na Operação Avante Desarmamento. Assim que as armas chegarem, os policias farão treinamento para se ambientar com as armas.

– Nós estamos muito bem aparelhados em relação a armamento. Não só equipamentos, mas temos recebido todos os equipamentos. Nós apreendemos, no ano passado, 112 armas de fogo e esse ano foram 152. A gente quer tirar essas armas do crime Por que essas armas estão ligadas ao homicídio, aos latrocínios e a roubos. Quem que anda com essas armas que estamos apreendendo. Em maioria absoluta são pessoas que já tem passagens pela polícia – contou Bastianelo.

BATALHÕES DE CHOQUE
O governador Leite também destacou a ampliação do número de aquisições a partir do trabalho de gestão que gerou economia nas licitações. A maior parte desses coletes e carabinas extras foi priorizada para reforço do Batalhões de Polícia de Choque (BP Choques). O 2° BP Choque, de Santa Maria, e o 3° BP Choque, de Passo Fundo, receberão 100 coletes e 100 carabinas cada. O 4° BP Choque, de Caxias do Sul, e o 5° BP Choque, de Pelotas, criados em julho de 2019 dentro do planejamento do programa RS Seguro, vão receber 100 carabinas e quase de 300 coletes cada (270 da unidade da Serra e 271 no batalhão da região Sul).

Veja o que a região central do Estado vai receber:

Cidade Fuzis carabinas Coletes Valor total
Caçapava do Sul 1 R$ 8,45 mil
Cruz Alta 3 26 R$ 48,27 mil
Júlio de Castilhos 4 R$ 33,8 mil
Rosário do Sul 3 R$ 25,35 mil
Santa Maria 106 126 R$ 1,006 milhão
Santiago 5 26 R$ 65,17 mil
São Gabriel 2 R$ 16,9 mil
São Pedro do Sul 3 R$ 25,35 mil
Total 127 178 R$ 1,229 milhão

Fonte: Bei e Secretaria de Segurança Pública



Topo