Caçapava do Sul

Morre Caçapavano que lutou na 2ª Guerra Mundial

16/09/2020 14:37
 

Faleceu nesta quarta-feira (16) em Porto Alegre, João Pedro Paz, pracinha Caçapavano que lutou na Força Expedicionária Brasileira, na 2ª Guerra Mundial. João Pedro participou da Tomada de Monte Castelo, na Itália, que culminou com a vitória das Forças Aliadas em 1945.

Em Caçapava, o veterano da FEB recebeu várias homenagens da Guarda de Infantaria Farroupilha, sempre organizadas pelo Prof. João Batista Oliveira Henriques.

João Pedro Paz completou 75 anos de casado em julho de 2020, tinha 97 anos e deixa esposa e filha.

 

Saiba mais sobre a história de vida de João Pedro Paz:

A letra da música “Mia Gioconda”, cantada por Vicente Celestino, relata a história do Tenente João Pedro Paz, nascido em Caçapava do Sul (RS). Aos 17 anos, alistou-se para prestar o serviço militar e foi chamado para integrar a Força Expedicionária Brasileira (FEB). No dia 2 de julho de 1944, o então Soldado Pedro Paz embarcou em um navio americano, no porto do Rio de Janeiro, e seguiu para a Itália. Na época, tinha a função de soldado volteador e usava um fuzil semiautomático.

Numa das folgas, o soldado brasileiro solicitou licença ao seu comandante e, com um amigo e companheiro de farda, dirigiu-se à cidade de Pescia para um baile local. Lá conheceu a italiana D. lole Tredici e teve início uma história de amor que culminou com um casamento, por procuração, e a posterior vinda da moça para o Brasil.

Devido às medidas sanitárias relativas à COVID-19, não houve homenagens na residência do casal. No entanto, para parabenizá-los, a Associação Nacional dos Veteranos da FEB – Regional Porto Alegre (ANVFEB-PA), com sede nas instalações da 3ª Região Militar, realizou uma emocionante reunião por videoconferência, que contou com a participação do General de Exército Edson Leal Pujol, Comandante do Exército.

Essa história de amor de um veterano da FEB, em meio à 2ª Guerra Mundial, completou bodas de brilhante no dia 1º de julho de 2020 e serviu de inspiração para a canção Mia Gioconda, de Vicente Celestino, um dos mais populares cantores brasileiros da chamada Era do Rádio:

 

“… Vejamos o destino de um pracinha brasileiro

Partindo para a Itália transformou-se num guerreiro

E lá muito distante despontar o amor sentiu

E disse essas palavras a uma jovem quando a viu

Italiana la mia vita oggi sei tu

Io ti voglio tanto bene

Partiremo tutti insieme

Ti lasciar non posso piú ...”.

 

Reportagem publicada pelo Exército Brasileiro em julho de 2020

https://www.eb.mil.br/web/noticias/noticiario-do-exercito/-/asset_publisher/MjaG93KcunQI/content/id/11765617

Foto 1 e 2: Gilberto Souza

Foto 3: 3ª RM

 

 

 





Topo