Brasil

Jair Bolsonaro testa positivo para Covid-19. Clique e saiba mais

07/07/2020 14:43
 

O resultado do exame do presidente Jair Bolsonaro, de 65 anos, deu positivo para a Covid-19 nesta terça-feira (7). A confirmação do resultado positivo foi dada pelo próprio Bolsonaro em entrevista exclusiva à Record TV. Nesta manhã, o presidente acordou bem, mas continuava com febre baixa.  

Bolsonaro foi submetido nesta segunda-feira (6) ao exame para o novo coronavírus depois de sentir sintomas da doença. No Hospital das Forças Armadas, em Brasília, fez o teste de detecção da doença e também um raio-x do pulmão.

“Acredito que não só o atendimento que eu tive, mas a forma como foi administrada a hidroxicloroquina. Foi quase de imediato (a melhora). Eu não sou médico, sou capitão do Exército. Mas a cloroquina, dada na fase inicial, a chance de sucesso chega por volta de 100%”, disse Bolsonaro. "Eu tomei a primeira dose de cloroquina e à meia-noite consegui sentir uma melhora. Agora pela manhã tomei a segunda dose e estou me sentindo bem. A possibilidade de algo mais grave comigo é zero", acrescentou o presidente. 

O presidente afirmou que até gostaria de fazer uma caminhada, mas não irá fazê-lo por recomendação médica. Além disso, Bolsonaro chegou a comentar que está sob vigilância da primeira-dama Michele Bolsonaro. “Eu tô normal. Em comparação com ontem, eu tô muito bem. Até com vontade de fazer uma caminhada por aí, mas não posso por causa de recomendação médica”, completou. 

Antes de revelar que está contaminado com a Covid-19, Bolsonaro voltou a criticar as medidas de isolamento feitas por governadores e prefeitos. "Eu fui muito criticado pelas minhas posições no passado e é bom lembrar que o Supremo Tribunal Federal decidiu que as medidas de prevenção seriam privativas dos governadores e prefeitos, transformando a presidência em um órgão repassador de recursos. Agora, no meu entender, houve um superdimensionamento da doença para aqueles que tem uma certa idade. O isolamento foi feito de maneira horizontal e até certas autoridades proíbiram ida a praias, o que não concordo. Todos sabíamos que o vírus iria atingir grande parte da população", disse Bolsonaro. 

 

 

Informações Correio do Povo

Foto: TV Brasil / AFP / CP



Topo