Saúde

Hospitais gaúchos recebem mais R$ 17 milhões em emendas parlamentares

05/07/2020 10:57
 

Um novo encontro virtual entre a secretária da Saúde, Arita Bergmann, e a secretária-adjunta, Aglaé Regina da Silva, com deputados estaduais e federais e gestores hospitalares, nesta quinta-feira (2), garantiu o repasse de mais R$ 17 milhões em emendas parlamentares a 24 hospitais gaúchos sob gestão do Governo do Estado. O ato marcou a assinatura dos termos aditivos aos contratos com cada hospital. Os recursos serão pagos às instituições assim que a Portaria da Secretaria da Saúde (SES) que regulamenta esse repasse for publicada no Diário Oficial do Estado (DOE).

A secretária Arita ressaltou novamente a importância do trabalho conjunto e eficiente de todas as pessoas que trabalham nesse processo e garantem que o dinheiro chegue rapidamente na ponta: “Nossa equipe de trabalho, seja aqui em Porto Alegre ou nas Coordenadorias Regionais de Saúde, assim como os parlamentares gaúchos, não tem hora nem dia para trabalhar. Todo esse esforço é revertido em serviços de saúde à população por meio do Sistema Único de Saúde”, disse Arita. A secretária-adjunta Aglaé também reforçou o trabalho árduo de todos no enfrentamento à epidemia da Covid-19.

O deputado federal Afonso Hamm disse que as palavras que definem o momento são “parceria” e “agradecimento” por poder auxiliar a SES e os hospitais neste momento delicado. O presidente da Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do RS, André Lagemann, agradeceu a dedicação da Secretaria e a celeridade com que foram realizados os repasses de recursos “tão importantes aos nossos hospitais, principalmente agora, que todo esforço é necessário para mantê-los de portas abertas”, ressaltou Lagemann. O deputado estadual Frederico Antunes ressaltou que os recursos de emendas parlamentares foram prioritariamente destinados para a área da saúde neste ano.

Arita Bergmann aproveitou a presença dos deputados federais para pedir apoio na interlocução com o Ministério da Saúde para encontrar soluções ao desabastecimento de medicamentos para intubação de pacientes que necessitam de respiradores.

Confira a lista de hospitais beneficiados e valores.

Fonte: Secretaria de Saúde do RS



Topo