Economia

Pagamento do saque emergencial do FGTS começa nesta segunda-feira

28/06/2020 14:10
 

Começa nesta segunda-feira o pagamento do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Dividido por etapas conforme a data de nascimento do trabalhador, os primeiros a receberem são os nascidos em janeiro (veja o calendário abaixo).

De acordo com a Caixa, todo o trabalhador que tiver saldo na conta do FGTS, tanto ativa ou inativa, receberá o benefício com limite de até R$ 1.045 por pessoa. A previsão é que cerca de R$ 4,9 milhões de trabalhadores recebam o valor nesta primeira etapa. 

O crédito é feito em um Conta Poupança Social Digital, aberta automaticamente pela Caixa em nome dos trabalhadores. Entretanto, o saque não poderá ser feito imediatamente. Quem recebe nesta segunda só poderá sacar a partir de 25 de julho. Durante esse intervalo, o valor poderá ser usado para pagar boletos de todos os tipos e fazer compras com débito virtual. Para isso, basta baixar o aplicativo Caixa Tem, na Playstore ou App Store. Ao acessar o app, será preciso informar o CPF e uma senha será criada.

Quem quiser saber quanto tem de saldo no fundo pode consultar no app FGTS, no site www.fgts.caixa.gov.br ou pelo Disque 111.

CALENDÁRIO 

  • Nascidos em janeiro: crédito em conta em 29 de junho; disponível para saque e transferência em 25 de julho
  • Nascidos em fevereiro: crédito em conta em 6 de julho; disponível para saque e transferência em 8 de agosto
  • Nascidos em março: crédito em conta em 13 de julho; disponível para saque e transferência em 22 de agosto
  • Nascidos em abril: crédito em conta em 20 de julho; disponível para saque e transferência em 5 de setembro
  • Nascidos em maio: crédito em conta em 27 de julho; disponível para saque e transferência em 19 de setembro
  • Nascidos em junho: crédito em conta em 3 de agosto; disponível para saque e transferência em 3 de outubro
  • Nascidos em julho: crédito em conta em 10 de agosto; disponível para saque e transferência em 17 de outubro
  • Nascidos em agosto: crédito em conta em 24 de agosto; disponível para saque e transferência em 17 de outubro
  • Nascidos em setembro: crédito em conta em 31 de agosto; disponível para saque e transferência em 31 de outubro
  • Nascidos em outubro: crédito em conta em 8 de setembro; disponível para saque e transferência em 31 de outubro
  • Nascidos em novembro: crédito em conta em 14 de setembro; disponível para saque e transferência em 14 de novembro
  • Nascidos em dezembro: crédito em conta em 21 de setembro; disponível para saque e transferência em 14 de novembro

QUEM NÃO QUISER O VALOR
Os trabalhadores que não desejarem o recebimento do valor podem manifestar a posição a partir do dia 19 de junho no aplicativo FGTS. Se isso for feito até 10 dias antes da data marcada para o crédito, segundo o calendário, o valor não vai para a conta digital e permanece no fundo. Se o trabalhador já tiver recebido o dinheiro, mas mesmo assim não o quiser, pode ir até o app FGTS e registrar a opção de não querer o saque que a Caixa devolverá o dinheiro ao fundo. 

Se até 30 de novembro a conta digital, onde foi depositado o dinheiro, não foi movimentada, todo o valor retorna para a conta do FGTS. 

Fonte: Diário de Santa Maria



Topo