Segurança Pública

Policiais do Proerd são capacitados em Santa Maria

07/11/2012 11:05
 

Policiais desenvolvem atividades nas escolas de Caçapava(Foto:Arquivo/farrapo)

Mais de 500 policiais militares gaúchos, entre eles, o sargento Almeida e a soldado Teresa de Caçapava do Sul, estarão reunidos a partir desta quarta-feira, dia 07, em Santa Maria, para se capacitarem ao trabalho de enfrentamento às drogas e à violência entre crianças e adolescentes em todo o Estado. Promovido pelo Departamento de Políticas Públicas sobre Drogas (Deppad) da Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos (SJDH), o Seminário de Prevenção às Drogas e Promoção dos Direitos Humanos irá atualizar os policiais que trabalham com o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) até sexta-feira (09) no Hotel Itaimbé (Rua Venâncio Aires, 2.741). A abertura ocorre às 14h.

O titular da SJDH, Fabiano Pereira, o secretário adjunto da pasta, Miguel Velasquez, e a diretora do Departamento de Direitos Humanos e Cidadania da secretaria, Tâmara Biolo Soares, serão os primeiros palestrantes. Fabiano irá apresentar o trabalho da SJDH no combate às drogas e à violência infantojuvenil. Já Velasquez irá falar da atualização do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), e Tâmara apresentará um painel sobre Direitos Humanos. O chefe de divisão do Deppad, Rodrigo Franklin, irá ministrar a oficina Elaboração de Projetos na quinta-feira (veja programação abaixo).

O Proerd é baseado no programa norte-americano Drug Abuse Resistance Education (Dare), que já foi desenvolvido em mais de 50 países atingindo 40 milhões de crianças por ano no mundo. No Rio Grande do Sul, o Proerd foi implantado em 1998 para reforçar noções de cidadania, prevenir e reduzir o uso de drogas em crianças e adolescentes. Os policiais militares entram em sala de aula - desde a educação infantil até o ensino médio - e, com o apoio dos professores, auxiliam os alunos a reconhecerem as pressões para que experimentem cigarro, álcool, maconha ou outras drogas e, principalmente, como resistir a elas.

O trabalho é realizado também com os familiares desses alunos, incentivando-os a desenvolver habilidades de comunicação, autoestima, empatia e tomada de decisão nas crianças e adolescentes, assim como mostrar a eles alternativas às drogas. O Proerd funciona em 451 municípios gaúchos e já atingiu cerca de 540 mil crianças de escolas das redes de ensino estadual, municipal e privada.

Confira a programação:
Quarta-feira - 07 de novembro
8h às 12h - Credenciamento
12h às 14h - Almoço
14h às 16h - Cerimonial de abertura
16h às 16h45min - Palestra com o Secretário Fabiano Pereira
16h45min às 17h15 - Coffe-break
17h15min às 18h - Painel de Direitos Humanos, com Tâmara Biolo Soares e Coronel Franquilin
18h às 18h15min - Dinâmica, com Major Cilon
18h15min às 19h45min - Palestra com Major Thomas
20h30min às 23h - Jantar

Quinta-feira - 08 de novembro
8h - Dinâmica
8h30min às 10h - Palestra Bullying X Grupos X Influências X Drogas, com a professora Cláudia Motta
10h às 10h30min - Coffe-break
10h30min às 12h - Palestra Abordagem policial e legislação sobre drogas, com o representante da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), Robson Robin
12h às 14h - Almoço
14h às 14h15min - Dinâmica
14h15min às 15h45min - Palestra O Estatuto da Criança e do Adolescente, com o secretário adjunto da Justiça e dos Direitos Humanos, Miguel Velasquez
15h45min às 16h15min - Coffe-break
16h15min às 17h45min - Palestra Mundo da Criança X Alienação X Drogas, com o pediatra José Martins
17h45min às 19h15min - Direitos Humanos, Comandante Sérgio Abreu

Sexta-feira - 09 de novembro
8h - Dinâmica
8h30 às 12h - Homenagem ao aniversário do 1º RPMon e cerimônia de encerramento


Fonte: SJDH/RS

Farrapo




Topo