Estado

Fim da greve: recuperação do calendário escolar deve começar nesta quarta

Por farrapo.rs
15/01/2020 08:48
 

A greve dos professores foi encerrada nesta terça-feira, 14, durante a Assembleia Geral do Cpers-Sindicato, em Porto Alegre. A decisão foi tomada após votação, em que 725 professores votaram a favor do fim da greve e 539 contra.

O sindicato deliberou ainda a continuação da mobilização contra o pacote do governador Eduardo Leite. Os servidores presentes também rejeitaram a proposta de acordo de greve do governo, que previa o pagamento dos dias parados mediante a recuperação das aulas e o posterior desconto dos valores ao longo de seis meses.

De acordo com a Secretaria da Educação (Seduc), já foi emitido às Coordenadorias Regionais de Educação (CREs) uma nova sugestão de reposição das aulas nas escolas estaduais que aderiram à greve. Ao todo, foram 37 dias de paralisação, entre 14 de novembro de 2019 e 14 de janeiro de 2020.

Conforme sugestão da secretaria, a recuperação começa nesta quarta-feira, 15 de janeiro, e segue até 27 de fevereiro. A medida busca garantir aos estudantes o direito de, no mínimo, 200 dias letivos e assegurar a carga horária de 800 horas para o Ensino Fundamental e 1.000 horas para o Ensino Médio. Após os 30 dias de férias, as escolas que ainda permaneciam em greve e realizaram a recuperação devem começar o ano letivo de 2020.


Por farrapo.rs



Topo