Geral

Servidores do Fórum de Caçapava do Sul aderem greve estadual

Por Eduardo Schneider
25/09/2019 17:57
 

Manifestação realizada no Fórum de Caçapava do Sul nesta quarta-feira, 25 (Foto: Eduardo Schneider/Farrapo)

Os servidores do Fórum de Caçapava do Sul aderiram à greve estadual nesta terça-feira, 24. A paralisação foi decidida em assembleia geral que reuniu centenas de servidores do judiciário gaúcho ontem (24).

Conforme o Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado (Sindjus/RS), o protesto é contra o projeto de lei (PL 93/17) que tramita na Assembleia Legislativa. O projeto prevê a extinção dos cargos de oficial escrevente do quadro funcional do Tribunal de Justiça, substituindo-os por um cargo de técnico judiciário.

Em Caçapava do Sul, a adesão foi de 100% dos servidores da 1ª Vara e 50% dos servidores da 2ª Vara. O setor de distribuição e contadoria também aderiu à greve.

Segundo os manifestantes, apenas os casos urgentes e alguns prioritários estão sendo atendidos no município. Para isso, mantém um efetivo de 30% atuando, seguindo a legislação federal.

De acordo com o Sindjus/RS, atualmente mais de 3,5 mil servidores ocupam o cargo de oficial escrevente atualmente. Caso o projeto de extinção do cargo seja aprovado, estes cargos devem ficar em um "limbo funcional".

Outra pauta dos manifestantes envolve questão salarial. De acordo com o sindicato, os trabalhadores do judiciário enfrentam cinco anos de congelamento salarial e falta de perspectivas de progressão na carreira.

A paralisação que chegou ao segundo dia nesta quarta-feira, 25, não tem prazo para terminar. Os manifestantes colocaram um cartaz na frente da comarca e também estão distribuindo material informativo sobre os motivos da greve.


Por Eduardo Schneider

Farrapo




Topo