Polícia

Inquérito da Polícia conclui que idosa não foi velada viva em Bagé

Por farrapo.rs
05/09/2019 09:10
 

A Polícia Civil concluiu a investigação sobre o caso de idosa que foi velada, supostamente viva, em Bagé. Segundo o delegado regional, Luís Eduardo Benites, a idosa não estava vida no momento do velório. Ele se baseou no laudo do Instituto-Geral de Perícias (IGP).

O delegado também disse a imprensa que foram ouvidos familiares, profissionais da Santa Casa de Caridade, funerária e o médico que atestou o óbito de Rosaura Vaz, 79 anos. Destacou que o tamponamento na idosa foi confirmado pelos funcionários da funerária que prepararam o corpo e também pelo médico legista. Caso contrário, se a idosa tivesse viva, o processo de tamponamento teria causado a morte por sufocamento, o que, segundo ele, não havia indício de que isso tenha ocorrido.

Agora, o inquérito será encaminhado ao Judiciário e ao Ministério Público, que podem pedir o arquivamento ou mais diligências à Polícia Civil.


Relembre o caso

- Saiba mais sobre o caso de idosa que foi velada viva em Bagé


Por farrapo.rs

Farrapo




Topo