Região

Com capacidade para 65, presídio de São Sepé tem 110 presos

20/07/2019 18:48
 

O presidente da Câmara de Vereadores de São Sepé, Paulo Nunes (PSB), e o vereador Humberto Stoduto (PP), realizaram uma visita ao Presídio Estadual de São Sepé na última quinta-feira, 18.

Durante o encontro, os parlamentares conversaram sobre diversos assuntos, realizaram visita às dependências e ouviram por parte dos agentes penitenciários quais as principais necessidades no atual momento da casa prisional.

Dentre as principais demandas apresentadas aos vereadores, está o espaço físico do prédio, que foi construído para abrigar entre 55 e 65 apenados, mas conta hoje com 110 presos. Além disso, foi exposta a precariedade no saneamento básico, e a dificuldade na implantação de projetos de ressocialização.

Os vereadores ainda acreditam que três seriam as principais necessidades, primeiro a construção de uma nova sala de aula e a ampliação e reforma da cozinha, e também reformar no ambiente interno e externo do prédio que já está se deteriorando.

Após a visita, os vereadores falaram das dificuldades e concluíram que devem buscar recursos através de empresas privadas para a reforma. “Podemos buscar recursos nas empresas locais. A casa prisional entra com a mão de obra e a comunidade pode ajudar com o material de construção”, diz Humberto Stoduto.

O presidente do Legislativo Municipal conta ainda que o trabalho social deve ser realizado cada vez mais dentro dos presídios. “Temos que trabalhar para ressocializar estas pessoas, e para isso temos que ter condições mínimas de higiene e bem estar, além de trabalhos e educação”, finaliza Paulo Nunes.

Osepeense.com