Economia

Usina Termelétrica de São Sepé é oficialmente inaugurada

18/12/2018 18:13
 

Foto: Jornal do Garcia

Um projeto de várias mãos que tomou forma e virou realidade: a Usina Termelétrica São Sepé. O empreendimento recebeu investimento total de R$ 60 milhões e tem potência instalada de 8 MW com capacidade de gerar 56 milhões de kW/h/ano, a partir da queima da casca de arroz. Conforme a média de consumo das residências do Brasil, é energia suficiente para atender até 120 mil pessoas.

A casca de arroz será fornecida por empresas de oito municípios da região de São Sepé. Por ano as arrozeiras devem entregar 70 mil toneladas para gerar energia. A instalação da usina vai ajudar no destino da casca de arroz, pois, por ser abundante na região gera um passivo ambiental devido à demora para se decompor no meio ambiente. A cinza resultante da queima também terá um destino correto, será utilizada na produção de cal mista por uma empresa calcário da região.

Durante o período de construção foram gerados 500 postos de trabalho. A partir da entrada em operação serão 32 trabalhadores diretos e indiretos. No final de novembro a usina recebeu as autorizações da Aneel e ONS para entrar em teste e conectar-se ao sistema interligado nacional. A entrada em operação comercial está prevista para 1° de janeiro de 2019.

A energia gerada pela usina foi vendida em leilão por um período de 20 anos. Os compradores são 28 distribuidoras de todo o país, dentre elas: RGE, AES/Sul, CEEE, Celesc, Copel, Eletropaulo, Cemig, Ampla e Light. Embora a energia seja lançada no sistema interligado nacional, fisicamente o consumo dessa energia será local, pois estará disponível no sistema elétrico regional a partir da subestação Formigueiro.

O empreendimento tem como acionistas as cooperativas Creral de Erechim e Ceriluz de Ijuí, e mais as empresas: Erechim Energia, BR Energia de Porto Alegre, Minozzo Participações de Nova Prata e Energia 203 de Santa Maria.


Foto: Jornal do Garcia


Fonte: Jornal do Garcia

Farrapo




Topo