SAIBA MAIS
  Cidade

Vegetação começa a tomar conta das paredes do Forte Dom Pedro II

11/01/2018 14:41
 

Vegetação cresce nas muralhas do Forte (Foto tirada quarta-feira, 10)

No final do ano de 2013, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) executou um projeto de limpeza e recuperação das muralhas do Forte Dom Pedro II em Caçapava do Sul, no valor aproximado de R$ 1 milhão, com técnicos que prestam este serviço ao órgão federal em todo o Brasil.

 Após o término deste projeto em 2013, o município ficou de responsável pelas limpezas futuras da muralha, obedecendo às regras do IPHAN, que limita o uso de material químico e de utensílios que possam alterar o formato da muralha.

Este acordo foi firmado na época com a Secretaria de Cultura e Turismo do município, onde no final de 2014 o IPHAN coordenou mais uma vez a limpeza simples e  no final de 2015 e início de 2016, a Prefeitura contratou uma empresa para realizar o serviço de limpeza nas muralhas. A empresa contratada, Luiz Engenharia, foi capacitada pelo IPHAN para realizar o trabalho.

Já no ano de 2017, as paredes do Forte não receberam a limpeza e a vegetação começou a tomar conta. A Prefeitura informou na época da última limpeza, que o serviço conforme orientação do IPHAN deve ser feito no verão, porque é a época em que as aves, andorinhas e corruíras, fazem ninhos nas muralhas para se reproduzir.

A reportagem entrou em contato nesta quarta-feira com o Secretaria de Cultura e Turismo, que indicou a Secretaria de Obras para repasse das informações. Por telefone, Paulo Henriques, disse que contataria a Secretaria de Planejamento e posteriormente prestaria informações por telefone, mas não retornou a ligação até esta quinta-feira, dia 11, como havia combinado com a reportagem.

Farrapo