Polícia

Operação Falsa Moral indicia vereador por exploração sexual em Sananduva

15/07/2012 18:40
 

A Polícia Civil de Sananduva concluiu na sexta-feira, dia 13, inquérito policial indiciando um vereador e outras três pessoas em crimes de favorecimento à prostituição ou exploração sexual de vulnerável. Além disso, foi apurada também a estreita ligação do integrante da câmara municipal com a contravenção do jogo do bicho.

Segundo o delegado Hugo Rigo Júnior, as investigações iniciaram após a captação de diálogos ocorridos em novembro de 2011 do vereador com uma adolescente, auxiliado por um taxista. Em monitoramento realizado pela polícia, foi verificado que além da exploração sexual da adolescente, ele intermediava programas sexuais para conhecidos do meio político. Em troca, solicitava à adolescente que lhe arrumasse amigas para relacionar-se com ele, inclusive com sua irmã, também adolescente de 15 anos.

Para o proprietário de um supermercado, que o vereador mediou um programa sexual da adolescente, ainda solicitou que lhe ajudasse na próxima campanha eleitoral em troca do favor. 

No período monitorado foram identificadas sete mulheres, entre elas, duas adolescentes, relacionadas ao favorecimento à prostituição, sempre com compensação financeira ou outras vantagens como a promessa de emprego.

Segundo o delegado Rigo, curiosamente, o vereador agia com a retórica da moralidade, que se demonstrou falsa.


Fonte: PC/RS

Farrapo




Topo