Lavras do Sul

Dia de Campo mostrará benefícios da pecuária aliada à preservação do campo nativo

 

O evento acontece, pela manhã, no Salão Paroquial, e na propriedade de Ivan Vieira Oliveira, na localidade do Lagoão (Foto: Emater/Divulgação)

Com o objetivo de apresentar a relação entre “solo-planta-animal”, através do manejo sustentável do campo nativo na pecuária familiar, a Emater/RS-Ascar realiza, nesta quarta-feira (18), às 9h, em Lavras do Sul, Dia de Campo do projeto RS Biodiversidade.

O evento acontece, pela manhã, no Salão Paroquial, e na propriedade de Ivan Vieira Oliveira, na localidade do Lagoão e, à tarde, na localidade do Passo dos Carros.

Na abertura do Dia de Campo, produtores e técnicos conhecerão os resultados da Unidade Demonstrativa (UD) do projeto RS Biodiversidade, apresentados pelo extensionista da Emater/RS-Ascar, José Luiz Poglia Lourenço.

A apresentação ocorre no Salão Paroquial, localizado à Rua Doutor Pires Porto, nº 661. Na sequência, será realizada uma visita à Unidade Demonstrativa, pertencente ao produtor Ivan Vieira Oliveira, na localidade do Lagoão.

Após a visita à UD, os participantes deverão dirigir-se à propriedade de João Bonifácio Delgado Teixeira, na localidade do Passo dos Carros, onde será servido um churrasco. À tarde, serão visitados os subprojetos de Teixeira e de Arli Garcia Lopes. Na atividade a campo, os pesquisadores da Embrapa Pecuária Sul, José Pedro Trindade e Leandro Volk, falarão sobre a relação “solo-planta-animal”, assim como, questões ligadas ao manejo do campo e dos animais.

O encerramento do Dia de Campo está previsto para acontecer às 16h, com degustação dos produtos da Agroindústria Sabor da Terra. São esperadas cerca de 50 pessoas, entre técnicos e produtores dos municípios de Bagé, Caçapava do Sul, Candiota, Dom Pedrito, Hulha Negra, Lavras do Sul, Santa Margarida do Sul, São Gabriel e Rosário do Sul.


Fonte: Franceli Couto / Imprensa Emater/Bagé

Farrapo




Topo